“Planejamento Tributário não se faz na Declaração, mas durante o ano todo”

A- A+
6 de maio de 2021

E você, já está se preparando para 2022?

Você deve ter visto que o prazo final para entrega da Declaração de Imposto de Renda 2021 foi adiado de 30 de abril para o dia 31 de maio.

É claro que todos devemos nos preocupar em fazer o procedimento da forma correta e dentro do prazo, afinal, ninguém quer pagar multa e/ou ser pego na malha fina, não é verdade?

No entanto, é importante destacar que declarar Imposto de Renda não é a mesma coisa que realizar planejamento tributário, conforme explica a educadora financeira Lavínia Martins.

“Planejamento tributário não se faz na hora da declaração do Imposto de Renda, mas durante o ano todo, pensando em otimizar a declaração do IR no ano seguinte”, destacou a especialista em sua página no Instagram (@lavinia.martins.cfp).

– Nessa época do ano sempre pipocam cursos sobre “como fazer a sua declaração de Imposto de Renda”. Sim, às vezes acontecem algumas novidades no sistema, mas normalmente ele muda muito pouco de um ano para o outro, e mesmo assim as pessoas não sabem fazer a sua declaração de IR. Mas não saber preencher a declaração de IR é menos importante do que não fazer planejamento tributário – garantiu Lavínia, lembrando que é possível pagar para um especialista preencher a declaração por você.

Mas afinal, o que é esse tal planejamento tributário?

Para Lavínia, “é a arte de pensar sobre o uso do dinheiro de modo a reduzir o pagamento de impostos”. Nesse sentido, você que é Participante de um plano de Previdência Complementar, tem grande vantagem.

Isso porque, no ato do preenchimento da declaração completa de Imposto de Renda (IR), você pode deduzir as contribuições pagas ao plano até o limite de 12% da renda tributável.

Então, caso o total das suas contribuições ao plano, até dezembro, não alcancem esse limite de 12%, você pode realizar aportes facultativos ou antecipar o pagamento do seu Tempo de Serviço Passado (quando houver), aumentando o valor do seu benefício, e com a vantagem adicional de reduzir o imposto a pagar ou aumentar o imposto a ser restituído.

“Economizar com o pagamento de impostos é perfeitamente legal, o que é crime é não pagar impostos!” – Lavínia Martins

Simulador te ajuda no planejamento tributário

Desde o ano passado, a Capef disponibilizou um recurso para ajudar os Participantes do Plano CV I no planejamento tributário.

Trata-se de um simulador de maximização do ganho fiscal, disponível na área restrita do nosso site e aplicativo, no menu “Simuladores”.

Com esse recurso, o Participante consegue planejar aportes facultativos ao longo do ano para obter o máximo de ganho fiscal possível com seu plano de Previdência, reduzindo a mordida do leão e, de quebra, aumentando a sua reserva financeira para a aposentadoria.

PROMOÇÃO RECALCULE SUA ROTA

Pensando em ajudar a manter o seu bem-estar futuro na trilha certa, criamos a promoção ‘Recalcule Sua Rota’ (que faz parte da campanha ‘Seu Futuro na Trilha’), com algumas ações para te incentivar a incrementar seu benefício com aportes facultativos e também a economizar com o IR.

Premiação

  • O Participante que mais efetuar aportes facultativos ao longo de 2021 ganhará R$ 500,00 em sua conta no Plano CV I!
  • Os Participantes que maximizarem o ganho fiscal ou efetuarem portabilidade para o Plano CV I em 2021 concorrerão ao sorteio de R$ 300,00 em vale-compras

Dica!

Acesse o simulador de Maximização do Ganho Fiscal disponível em nosso site e aplicativo, e descubra quanto você precisa aportar ao plano ao longo do ano para reduzir ao máximo a mordida do leão!

*Para ser utilizado na plataforma de cashback da Capef. O sorteio será realizado em janeiro de 2022.

Digite seu CPF abaixo, caso deseje pontuar no Programa Parceria Premiada