Capef contribui para um planeta mais sustentável

A- A+
26 de setembro de 2020

Atenta à sua responsabilidade ambiental, a Capef está sempre buscando por novas formas de reafirmar seu compromisso social com a preservação do nosso planeta. Por isso,  medidas de sustentabilidade estão alinhadas com os objetivos estratégicos da gestão da Capef. No final do ano de 2019, a Capef deu início à concretização de seus projetos de sustentabilidade, reduzindo, inclusive, despesas administrativas da Entidade. Saiba sobre os projetos:

Redução do uso de papel 

Em março deste ano, a Capef aderiu à prática de assinatura eletrônica para reduzir o uso de papel. Até o momento, 874 documentos já foram assinados  eletronicamente.

Desde a adoção dessa medida, já foram preservadas três árvores, 108 mil litros de água e evitada a emissão de 486 quilogramas de gás carbônico. A adesão modificou a rotina de toda a Entidade. “De maneira especial, ela trouxe um ganho em diversos aspectos, como a economia de tempo na produção e assinatura de documentos, também não é mais necessário arquivar documentos físicos, em papel. Por fim, um ponto importante a destacar é que a ferramenta garante autenticidade, integralidade, temporalidade e auditabilidade dos documentos assinados”, declara Ponciano de Oliveira, gerente jurídico da Capef.

As assinaturas eletrônicas estão disponíveis também para o público externo, especialmente para os participantes que pretendem contratar empréstimos.

Energia fotovoltaica

Comprometida com a sua responsabilidade ambiental, a Capef adotou em novembro de 2019 o uso de energia solar fotovoltaica. A energia solar é um recurso renovável e limpo, convertendo diretamente a luz solar em energia elétrica. As placas foram instaladas no terraço da sede da Capef em Fortaleza/CE e parte em usina própria na cidade São Gonçalo do Amarante/CE.

Foram investidos R$ 635 mil para a instalação dos painéis.  “Trata-se de um investimento sustentável, que gerará uma economia estimada de R$ 100 mil ao ano, que será destinada a outras frentes”, declarou o Diretor-Presidente da Capef, Jurandir Mesquita.

“O Brasil precisa investir cada vez mais em energia limpa, sustentável, mostrar ao mundo que temos uma matriz diferenciada e que nos preocupamos com o meio ambiente”, completou o diretor.

Digite seu CPF abaixo, caso deseje pontuar no Programa Parceria Premiada